Titio Brandão apresenta... o Palhaço Carequinha!

Carequinha, o famoso palhaço, no programa Titio Brandão. Naqueles tempos realmente haviam bons espetáculos. (Colaboração: Sérgio Brandão)

Praça José Bastos

Depois de uma reforma meia-boca feita pelo prefeito Fernando Gomes, em 2007, a Praça José Bastos até que ficou bonitinha, por causa da "limpa" que a reforma provocou, expulsando camelôs e comerciantes informais que já haviam praticamente se apossado do espaço público. Mas nada que se compare à beleza que podemos observar nessa foto, com um projeto de paisagismo que, nos tempos atuais, a população nem sonha em ver novamente. Ao fundo podemos ver o prédio onde durante anos funcionou a Rádio Jornal de Itabuna e o que sedia atualmente a Cesta do Povo.

Gente de Itabuna - Parte 01







Estrada Ilhéus-Itabuna


Desfiles Cívicos

Em um passado cada vez mais distante, a população de Itabuna costumava comemorar as datas cívicas com desfiles grandiosos, sempre muito bem ensaiados e organizados.





Rua Ruffo Galvão

Essa é fácil de acertaar: muitas dessas casas da Rua Ruffo Galvão ainda mantém o mesmo visual - inclusive a Padaria Paulista, que aparece do lado esquerdo, ainda está em pleno funcionamento.

Av. Cinquentenário

Avenida Cinquentenário, a principal da cidade, vista a partir da Praça Santo Antônio (a sorveteria Danúbio está coberta por uma árvore) e lá no finalzinho... o Jardim do Ó.

Vista panorâmica

Duas fotos panorâmicas mostrando os arredores da cidade.

Feira Livre

Feira livre em Itabuna, exatamente no local onde hoje está o prédio onde funciona a FTC - durante muitos anos a Prefeitura Municipal de Itabuna. Ao alto, do lado direito, podemos ver o Hospital da Santa Casa, com suas duas palmeiras. Nas dias fotos seguintes, a feira vista por outros ângulos.


Praça Adami

Duas feitas na Praça Adami, que na verdade trata-se de um largo com mão inglesa que liga a Av. Cinquentenário à Rua Ruffo Galvão.

Em primeiro plano, um prédio que ainda nos dias de hoje tem o mesmo visual (fácil de ser identificado). Podemos notar a ausência do prédio do "Sindicato Rural".

Neste prédio funcionou a primeira agência do Banco do Brasil de Itabuna. Atualmente funcionam pequenos pontos comerciais neste local, que se encontra bastante deteriorado.

Praça Olinto Leone

A Praça Olinto Leone é uma das mais conhecidas de Itabuna, onde ficam localizados prédios importantes, como o da Jusciça Eleitoral (que já foi a Prefeitura de Itabuna) e o Banco do Brasil. Confira em 3 cliques diferentes:

Nessa primeira, podemos ver ao fundo duas construções que não existem mais: uma igreja católica e o famoso "Castelinho", que foi demolido nos anos 70, para dar lugar a um prédio medonho.


Foto mais recente, que mostra a praça Olinto Leone de outro ângulo. Naquele espaço vazio ao centro e ao fundo, hoje é localizado o Edf. Atlanta Center.

Homens trabalhando no antigo chafariz da Praça Olinto Leone.

Praça Laura Conceição

Duas fotos muito interessantes, ambas mostrando a Praça Laura Conceição. A primeira mostra apenas o terreno onde um dia a praça seria localizada, sendo que na segunda, já podemos vê-la construída. Em ambos os casos, podemos ver a Cadeia Pública de Itabuna, onde durante muitos anos também funcionou a "Casa do Artesão", hoje sede da Ficc.


A Enchente de 1967 - Parte 01

O mês de Dezembro de 1967 foi cinzento durante quase todo o tempo e em alguns dias a chuva persistia por 24 horas. Porém, logo depois do Natal, durante os dias 27 e 28 a população de itabuna presenciaria aquela que até hoje é considerada a maior cheia do Rio Cachoeira, conhecida como "A Enchente de 1967".

Todo o centro de Itabuna foi inundado pelas águas, bem como bairros próximos do Rio Cachoeira (Mangabinha, Conceição, Jardim Góes Calmon, e Bairro de Fátima) e até alguns mais distantes (Pontalzinho, São Caetano), devido à proximidade com canais. Apenas os bairros mais altos permaneceram inalcançáveis à fúria do Cachoeira. As fotos desse especial foram feitas todas pelo famoso fotógrafo Emerson, que ainda atua no seu estúdio na Avenida CINQÜENTENÁRIO. Esperamos que o Cachoeira não apronte outra dessas tão cedo!

Agradecimentos especiais a Isabel Cristina Correia, que nos cedeu as fotos. E ao Emerson Fotógrafo, que as produziu. Textos de Jose Carlos Almeida.

Praça Olinto Leone, localizada na Av. Beira Rio, com destaque para o prédio da Prefeitura Municipal.

Salve-se quem puder!

A avenida Cinquentenário invadida pelo Cachoeira.

Mais uma do Centro de Itabuna.

Encruzilhada da Cinquentenário com a Adolfo Maron, esquina onde hoje funciona o Bradesco.

Ponte Calixto Midlej Flho, a que dá acesso ao São Caetano.

Av. Cinquentenário.

A cheia causou inúmeros prejuízos ao patrimônio público.

A Enchente de 1967 - Parte 02

Continuamos com a sequência de fotos da enquente que deixou Itabuna em péssima situação em 1967, em fotos feitas por Emerson Fotógrafo.

Av. Professor Alício de Queiroz, com a Praça Adami ao Fundo.

Av. Cinquentenário vista do alto da Av. Juracy Magalhães.

Edf. Carlos Correia Ribeiro, que na época sediava uma grande empresa de compra e venda de cacau, sendo que hoje funciona o banco Bradesco.

Av. Cinquentenário, com a Praça Adami ao fundo.

Foto da Rua Alício de Queiroz, vista da Praça Adami. Aquele prédio lá no fundo fica exatamente no local onde hoje é o Edf. Módulo Center, um dos principais edifícios comerciais de Itabuna.

Dá pra reconhecer as extintas Lorva e Lanchonete Capri, hoje Capri Tintas.

Foto retirada do local onde hoje funciona o Fórum de Justiça. Notem que a Santa Casa da Misericórdia (com suas duas gigantes palmeiras) permaneceu o tempo todo inalcançável pelas águas.

Ponte Calixto Midlej Filho.

Av. Cinquentenário. Prédio da Loja "Casas Pernambucanas", onde funciona atualmente a Caixa Econômica Federal.

Av. Cinquentenário. Neste local funcionou durante anos a Livraria Havaí.

Av. Cinquentenário, com destaque para a loja Os Gonçalves, onde atualmente funciona a loja Gilmara Confecções.

Av. Cinquentenário. Durante anos funcionou nesse prédio a diretoria regional do Bradesco. A loja "Ferragens Sergipana", cujo letreiro aparece, ainda fica no mesmo local.

Praça Olinto Leone, localizada na Av. Beira Rio, com destaque para o prédio da Prefeitura Municipal.